Não acredito que ela se foi


Eram 9h15. 
Olhei para ela e sorri. 
Estava bem-disposta pois tinha acordado ao som da chuva.
Fui-me vestir e preparar mas quando voltei a olhar para ela, ela não reagiu. Assustei-me. Não queria acreditar. Fiz de tudo o que estava ao meu alcance mas ela já tinha partido. 
Liguei à minha mãe a informar que a torradeira pifou de vez... 

Logo hoje que me apetecia torradas! 

6 comentários:

Beatriz Sousa disse...

As minhas condolências pela tua torradeira :(

As Coisas Dela disse...

Ahah É sempre quando as coisas nos apetecem que acontecem destas... Beijinhos*

Shinobu disse...

Por momentos assustei-me ahahahha
vais fazer um funeral digno da pequenina?
Fazias no fogão à moda antiga

As minhas sinceras condolências pela torradeira!
Beijinhos

Minnie Me disse...

O título enganou-me! RIP Torradeira :p

Cláudia S. Reis disse...

Malditos aparelhos que tendem a deixar-nos sempre nos piores momentos!!

Ana Garcês disse...

Caramba que me ri! Descansa em paz, torradeira!