Para a minha irmã de Jodi Picoult - Ler faz bem #61

Classificação: 4 estrelas

Autora: Jodi Picoult
Edição/reimpressão:2006
Páginas: 408
Editor: Livraria Civilização Editora
ISBN: 9789722623704

Para a minha irmã de Jodi Picoult 
Anna foi concebida com o propósito de salvar a sua irmã Kate que sofre de uma leucemia grave desde os 2 anos. Ao longo da sua infância, Anna foi submetida a vários exames médicos mas chegou a altura de dizer basta. Apesar de ser ainda uma criança, ela consegue contratar um advogado e convence-lo a ficar com o caso. A sua mãe, Sara, não percebe a razão pela qual levou Anna a tal acção. 
Um drama familiar capaz de levar qualquer leitor à loucura, mas afinal quem tem razão. Será que Anna tem direito a escolher ou são os seus pais que sabem o que é melhor para ela? 


Já sabia para o que ia e já conhecia o fim deste livro. Já tinha visto o filme mas, mesmo assim quis ler o livro e não podia ter escolhido melhor.
Esta obra de Jodi Picoult consegue levar qualquer pessoa ao extremo. Podemos ver vários pontos de vista, dentro e fora da família Fitzgerald. É engraçado podermos ler o outro lado. Pensamos sempre que a família deve ajudar a família, mas neste caso Anna quis pôr fim ao seu sofrimento e como podemos ler mais lá para a frente que na realidade era a sua irmã que lhe pedia para pôr fim à sua dor. 
Apesar do seu fim, esta obra mostra o amor entre irmãs e que ambas estão dispostas a tudo. Mostra muito bem o sofrimento de uma mãe para manter uma família unida e viva. 

Pontos positivos: O final é triste mas ao mesmo tempo inesperado. Todo o livro traz vários pontos de vista diferentes. O cancro é um tema delicado mas no mundo da literatura vai dar sempre ao mesmo e aqui no Para a minha irmã podemos ver o lado do dador, neste caso, o lado de Anna. 
Pontos negativos: O irmão Jesse podia ter sido mais explorado, acho que lá pelo meio há um romance que podia ter sido descartado, mas não é mau de todo, só que não enriquece a história em si. 

5 comentários:

Tulipa Negra disse...

Gostei muito do livro, mas é realmente um livro bem pesado com um final completamente inesperado.

Andreia Morais disse...

Faz parte da lista dos que quero ler!

r: Somos duas :D

м♥ disse...

Um dos muitos que já li da autora. Adorei! Acho muito forte, sim, mas nada a que os leitores dela já não estejam habituados. Estes dilemas morais é que dão encanto às obras dela.

Patrícia disse...

Tentei ler este livro. Talvez fosse demasiado inocente para um livro tão pesado ou apenas estar num mau momento do meu pavor a agulhas e sangue, mas não consegui ler mais de 50 páginas porque ficava demasiado angustiada...
Vi o filme e fiquei cheia de vontade de ler o livro, agora tu deixaste-me com ainda mais!

Dora disse...

Tenho este livro e também gostei muito. Do filme não gostei tanto.
A Jodi Picoult tem bons livros.