Pedaços de mim #45




Quando tinha 5 anos fui a um concerto do Marco Paulo.
Ao que parece tive vontade de fazer chichi.
Depois de muito apertar lá fiz chichi.
No meio da multidão.
Pronto é isto.
Depois querem que seja normal.

Mais um episódio cá de casa #13




A B' perguntou se podia ir com ela meter gasolina. Como boa samaritana lá subi a rua para ir ter com ela. Já estava à minha espera, e assim lá fomos para o carro. 
O carro não pegava, lá foi a B' pedir ajuda a um moço -  O Shakira aqui na zona - o gajo saca dos cabos e põe o carro a funcionar. Depois o moço diz-lhe para ir dar uma grande volta com o carro para que este não volte a ir abaixo. A B' já só pensava na gasolina. Toca a dar uma volta. A B' para não deixar o carro ir abaixo, e já enervada com tudo, não larga a embraiagem e não muda da 2ª para a 1ª numa das situações, também conhecida por um mini terramoto. Neste momento a Tim não panica, mas fica borrada de medo.
Toca a ir dar uma volta, mas a B' não se cala com a gasolina. Decide ir à bomba. 
Pergunto se sabe de que lado é o buraco da cena, a B' diz que sim. Estaciona. A B' repara que se enganou no lado. Vai lá dentro da bomba pois é pré-pagamento. A B' não sabe abrir aquela cena. A B' começa a passar-se. A B' pede-me para pedir ajuda, pois também não sei abrir aquela cena. B' vai ter com uma moça e lá lhe ensina a abrir aquilo. Depois a mangueira não chega ao buraco. A B' começa aos gritos comigo -  Tu sabes que estou nesta situação, vem cá puxar a mangueira. A mangueira não dá. A B' vai pedir ajuda a um moço. O moço diz para ela puxar o carro mais para a frente, ela puxa mais para trás. Lá põe o carro bem e o homem põe a gasolina.


Conclusão: Mais valia ter uma lambreta.



Ler faz bem #35

Classificação 9/10

Colecção: Diversos
Nº na Colecção: 80
Data 1ª Edição: 04/06/2015
Nº de Edição: 1ª
ISBN: 978-972-23-5551-3
Nº de Páginas: 264


"Virgem" - Radhika Sanghani - Ellie Kolstakis. 21 anos. Inglesa de origem grega. Quase licenciada. Virgem. Assim é o Bilhete de Identidade de Ellie. 
Sempre pensou que a sua vida sexual fosse como a das suas colegas, mas o destino trocou-lhe as voltas. Nunca foi a sua escolha, simplesmente nunca houve a oportunidade, mas para Ellie chegou a altura de colocar um ponto final.

Foi numa consulta médica que Ellie se submeteu a uma missão - Perder a virgindade antes de acabar a licenciatura. Para ter sucesso na realização da sua missão, Ellie chama a sua amiga de longa data, Lara. 
Após uma noite nos copos, Ellie vem para casa bêbeda, já Lara vem com um borracho. Depois de uma "escorregadia" discussão, Ellie procura outro ombro amigo.

Sem perder o foco, Ellie começa a falar com Emma, uma colega de faculdade, e acabam por se tornar grandes amigas. No meio de tanto desabafo, Ellie acaba por lhe contar o seu segredo. Emma compreende-a e ajuda-a. Numa conversa cheia de tabus e detalhes sexuais, Emma e Ellie decidem criar um vlog - um blogue com vagina - onde fortes tabus serão desvendados.

Numa noite, Emma leva Ellie a uma festa e é lá que conhece Jack. No entanto, a mãe de Ellie marca um jantar para conhecer o Paul.

Entre a vida sexual agitada de Emma e vagina pacífica de Ellie, este livro promete umas valentes risadas.

Se gostam de Bridget Jones e de Carrie Bradshaw, também vão gostar da Ellie Kolstakis, mas em versão virgem.
A autora conseguiu captar a minha atenção desde o 1º parágrafo e a partir dai foi até ao fim. 
Adorei todos os detalhes, todas as conversas. As depilações à brasileira, as mordidelas. Gostei de tudo, não tivesse dado um 9/10. Vale mesmo a pena.
Acreditem que Ellie faz "quase" tudo para perder a virgindade, mas pelo meio existem histórias hilariantes.  



Adorava poder contar mais sobre o livro, mas isso seria mau de mais. 
O livro não tem um final feliz, mas tem um final realista.



Pontos Positivos: As aventura de Ellie. As aventuras sexuais de Ellie. 

Pontos Fracos:  Não ter continuação... Ah o facto de ser considerado um livro para Jovens Adultos.

Mesmo a cagarem-se, os bebés conseguem ser tão fofinhos....

Ler faz bem #34


Toca a escolher a próxima leitura da Tim!
P.s:. Já li Virgem, a review sai amanhã 



Opinião da Tim - A campanha da Control no Alive



Não sei por onde começar. Uma coisa é certa a Control conseguiu cativar a atenção de muita boa gente, não sei se foi para o bom sentido. 
Esta campanha está claramente a apoiar o sexo seguro e ainda ajuda a mostrar algumas posições para o pessoal que queira apimentar a sua vida sexual. 
Até aqui tudo bem, a Control fez o seu trabalho muito bem e está de parabéns, mas a campanha não agradou a todos.
Na minha opinião até que fez um bom trabalho, pois todos os meios de comunicação estão a falar da tão badalada campanha, e a isso chama-se publicidade da boa a.k.a Borlix. 
Por outro lado, acho um golpe muito baixo. Não estão só a apoiar o sexo seguro, estão a apoiar o sexo à toa. Talvez se mostrassem como se coloca um preservativo até que ensinavam alguma coisa de jeito mas pronto o povo gosta é de fazer figuras. Podiam ter convidado a Marta Crawford ou o João Kléber, até que tinha a sua piada. 

Para o ano lembrem-se de por os mais jovens a lamber preservativos, só naquela...mas com recheio a chantilly.

P.s:. Deve ter havido moços a sair dali com a mão no bolso.

Ler faz bem #33

Classificação: 9/10

Título: Staying Strong - 365 dias do ano
Título original: Staying Strong
Autoria: Demi Lovato
Temas: Pensamentos/Auto-ajuda
Dimensões: 13 x 19 cm
Nº de páginas: 416
ISBN: 978-989-718-054-5
Preço: 13 €
Preço online: 11,7 €



"Staying Strong - 365 dias do ano" - Demi Lovato - O livro é simples. Todos os dias há uma frase e uma dica. Fazer uma análise aprofundada de algo que ainda não conseguiste esquecer. Várias introspecções em relação a quase tudo e muitos pensamentos positivos. 

Hoje, dia 23 de Julho a frase é a seguinte:

É mais fácil prevenir os maus - hábitos que ultrapassá-los - Benjamin Franklin 

 A dica é fazer uma lista dos teus hábitos e se achas que os mesmos te estão a ajudar de forma positiva. 




Há muito que queria este livro. Numa ida a Lisboa entrei numa livraria na Baixa e perdi-me de amores. No entanto, algo me atraiu para uma das prateleiras da livraria, inclinei a cabeça e para meu espanto encontro o livro da Demi Lovato. 
Não foi fácil encontrá-lo, já tinha ido à Bertrand e nada. Já tinha ido à Fnac e nada. Mas quem espera sempre alcança e no meu caso, foi o que aconteceu. 

A minha ideia para ler este livro é tê-lo sempre à cabeceira e abrir quando acabo de acordar ou antes de ir dormir. 
Para quem gosta destas pequenas frases e destas pequenas ajudas no nosso dia-a-dia, este livro é obrigatório. 

Por vezes basta uma frase positiva para enfrentarmos o dia de outra forma.

Ler faz bem #32

Classificação: 7/10



Coleção: Diversos
Nº na Coleção: 82
Data 1ª Edição: 18/03/2015
Nº de Edição: 1ª
ISBN: 978-972-23-5529-2
Nº de Páginas: 288
Dimensões: 150x230mm


"Não sou esse tipo de miúda" - Lena Dunham - Toda ela é estranha, mas estranha no sentido normal. A Lena não tem medo de cair no ridículo, ela é sincera em todos os sentidos. Antes de mais, o livro não é uma história com princípio, meio e fim. Não é bem um livro de crónicas, digamos que é um livro de episódios. O livro está dividido em 5 secções: Amor e sexo, O corpo, A amizade, O trabalho e por último O panorama geral. 



Um conselho, se querem ler este livro tem de ir de mente aberta e têm de esperar o inesperado. Quando referi que a Lena é sincera, ela expõe-se no livro de corpo e alma, ou seja, vão ter cenas muito hardcore. 
Ao longo da leitura apercebi-me que ela é desorganizada, é romântica e que é uma desavergonhada no bom sentido.


Pontos positivos: A sua sinceridade. O seu à vontade. A falta de complexos. 
As ilustrações que se encontram espelhadas pelo livro. 
Pontos negativos: ????


E vocês, já o leram?

Ler faz bem #31

ADQUIRIR DE FORMA SIMPLES E PRÁTICA A OBRA
«ETERNIDADE & ABSURDO» 

de Ângelo Rodrigues


Pode adquirir a obra na Loja online da editora através do sistema PayPal
ou
1. O PVP da obra é de 10 € (IVA incluído);
2. Faça uma transferência simples para o NIB 0010 0000 1682 3470 0018 8 
(Banco BPI – Entidade: Célia Maria Pereira Cadete);

3. Envie para o e-mail sinapiseditores@gmail.com o seu endereço para 
envio do livro via CTT bem como o comprovativo de pagamento;

4. Se adquirir o livro por esta via, oferecemos o custo do porte de envio.



«A LEI É SEMPRE ESCRITA PELAS MAIORIAS QUE MALFAZEM », 

Ficção, Luís Gil 

PVP: 14 € - 222 pág.

Um cinquentão enfrenta a crise da meia-idade associada à crise social, política e económica, que começa a influenciar a sua vivência de forma crescente, levando-o a alterar o rumo da sua vida. A grande turbulência por que passa deixa-lhe marcas físicas e sentimentais que o marcarão para sempre. Uma passagem por momentos de desânimo, de revolta, mas também de volúpia revira-lhe a vida de forma inusitada. Crise, política e sexo são os ingredientes deste romance, que se conjugam em doses certas para prender a atenção do leitor e o levar a viver as sensações do protagonista principal 
A reviravolta da vida de um homem apanhado pela crise económica e pelas "vielas" da mudança da idade... 
Luís Gil, nasceu em Lisboa, em 1960. Tem formação superior em engenharia exercendo atividade profissional ligada à investigação científica. É autor de vasto trabalho técnico e científico publicado, com vários livros técnicos no seu domínio de atividade, onde começou por evidenciar o seu gosto pela escrita. Depois de se aventurar no domínio literário com duas obras anteriores (“O rapaz da bomba da gasolina” e “O amor ainda existe...?”), este homem da ciência e tecnologia faz agora uma nova incursão pelos caminhos das letras, com um tema atual e diferente. 


«PELA MÃO DE ARISTIDES DE SOUSA MENDES», 
Ficção, António Alves Cardoso, 

(Prefácio de Marcelo Rebelo de Sousa)

PVP: 12 € - 216 pág.

Pela Mão de Aristides de Sousa Mendes" perpassam as odisseias de alguns de muitos milhares de judeus fugitivos dos campos de extermínio do terceiro Reich, graças à heróica e destemida intervenção do Cônsul Português.
Daniel Chatman, jovem pintor judeu, fixou na tela "o Navio dos Loucos", o trágico destino dos homens, que as fantásticas pinturas de Hieronymus Bosch, já deixavam, de algum modo, antever.
Neste romance não poderia deixar de estar presente Sara, a menina órfã, que surge como um exemplo, luminoso do triunfo do amor, sobre o ódio e o terror.
Também tocante pela sua simplicidade, Lau, outra personagem, vive num mundo construído pela magia dos seus berlindes, das formigas e das seis músicas que toca, invariavelmente, no seu oboé, durante cada um dos seis dias da semana. Passa por terríveis acontecimentos, como se eles nunca tivessem existido, conseguido de forma nobre e pura, revelar a sublime dimensão  do divino.
Aristides de Sousa Mendes morreu na miséria. A sua casa, o Passal, em Cabanas de Viriato, está em ruínas, como se um, tivesse anunciado o destino do outro.
Talvez o Cristo descarnado e agonizante que se perfila em frente do Passal mais não seja, do que o retrato fiel de um homem abandonado, que foi a enterrar embrulhado num humilde hábito de burel dos Franciscanos.
E no entanto, pela sua mão, salvaram-se tantas vidas!
Com o romance “Pela Mão de Aristides de Sousa Mendes" o autor pretende descrever as vidas de alguns dos muitos milhares de judeus que conseguiram fugir dos campos de concentração e dos fogos crematórios do terceiro Reich, graças à heróica e destemida intervenção do Cônsul Português.
Em o Navio dos Loucos, é visível a barbárie e o destino dos homens que as pinturas de Hieronymus Bosch já, de certo modo, antecipavam.
São esses pedaços de vida que o livro tenta descrever.
Um desses personagens, Lau, consegue passar por todos esses terríveis acontecimento como se nunca tivessem existido.
Preocupavam-no apenas os berlindes, as formigas e as 6 músicas que tocava invariavelmente, no seu oboé, durante os 6 dias da semana. Aos sábados, descansava.
O Cônsul acabou em desgraça. A sua casa, o Passal em Cabanas de Viriato, está em ruínas.
Talvez o Cristo descarnado e agonizante que se perfila em frente do Passal mais não seja do que o retrato fiel de um homem que morreu abandonado e embrulhado num hábito de burel dos Franciscanos.
E no entanto pela sua mão salvaram-se mais de 30.000 pessoas...
Parceria 

As vedetas cá do sítio


Cá na zona onde habito este placard está a fazer muita comichão. Porque? Porque o pessoal tem é inveja... e não é só isso... é porque o André Almeida também é daqui e não há um placard para ele. Isto foi pago pelo restaurante do tio ou da tia ou do padrinho ou lá o que é do Beto, ou seja, a família orgulha-se dele e demonstra-o através de um poster gigante.
Já o André Almeida tem uma bandeira na varanda na casa dos avós. 
Isto da inveja é lixado... principalmente em meios pequenos. 


Mais um episódio cá de casa #12


Fui à janela apanhar ar e ouço o seguinte:

Fomos até ao nordeste transmontano, o nosso limite foi Viseu.

Tu queres ver que passo férias em Espanha?

Músicas de Verão


Hilary Duff - Sparks 


Selena Gomez - Good For You


Taylor Swift - Bad Blood 


David Guetta - Hey Mama


Madonna - Bitch I'm Madonna


Marron 5 - This Summer Gonna Hurt Like a ....


Wiz Khalifa - See You Again


Kendji Girac - Cool

Qual é a tua lista?




Será que as pessoas não pensam que todos nós vamos com a mão ao cu!
Paciência. 
Ninguém é mais que os outros!

Opinião da Tim - Desemprego, seremos nós muito exigentes?

Desempregada é o meu estatuto actual. Como tantas pessoas em Portugal. Todos os dias envio currículos. Todos os dias ligo o computador na esperança de ter lá um e-mail com uma resposta positiva. Há dias recebi uma resposta.
O emprego não era nada de mais. Clipping ... tudo muito bonito. Horário das 07h às 16h. Hora de almoço. Até aqui tudo perfeito. Ligam novamente a confirmar a entrevista, mas o trabalho passa a ser um estágio de 3 meses. Tudo se mantém. Chega o dia de ir e assinar contrato... e as condições são as seguintes:
 Não há horário de saída, ou seja, fecho o escritório
 Não há contrato, nem recibos, rien de rien
O salário é de 150€ por mês
Trabalho aos fins de semana, folgas nem vê-las
3 meses


Decidi não aceitar. Talvez tenha feito mal, pois pensei nas pessoas que precisam de trabalho e eu rejeitei um. Mas pensei também, nestas empresas que abusam do desespero das pessoas. Não há respeito pelos trabalhadores.

Uma pessoa delira ao ficar em casa. No início parecem ser férias mas depois o dinheiro começa a fazer falta. Uma amiga sempre me disse, quando começares a trabalhar e sentires o sabor do dinheiro não vais querer outra coisa. E não é que é verdade? 
É preciso ponderar bastante antes de aceitar um emprego, seja a full ou part time, mas também é preciso ver, com olhos grandes, tudo o que está no contrato. O mercado de trabalho não é fácil.  

Coisas a reter antes de aceitar um trabalho/ assinar um contrato:
 O ordenado - Trabalhar para aquecer não dá com nada;
 Gostar do trabalho - É preciso saber se gostamos ou não do trabalho, porque trabalhar numa coisa que não gostamos acaba por nos deixar deprimidas e depois é bem pior;
Ambiente - Estás lá para trabalhar e não para fazer bff's. Amigos amigos, trabalho à parte;
Condições de trabalho - Nós trabalhadores temos direitos, mas do tipo só às vezes;
Horários - Falo dos horários mais no sentido de rotações. Por vezes não avisam nas entrevistas e quando chega a altura de assinar o contrato.... oioi mas aqui está outra coisa. Eles existem e são para cumprir, esqueçam não vai acontecer. Há sempre cenas a fazer, mas é preciso ter rédeas, pois nós também temos vida para além do trabalho.


São estas as 5 indicações importantes para mim, mas digam-me se acham que há outras que merecem também a nossa atenção. 

Ler faz bem #30

Lembram-se de eu ter opinado sobre o livro da Sofia? A Sofia respondeu da seguinte forma: 


Sofia disse...
Devias ter visto a minha cara de parva quando estou a ver o feed de blogs e vejo uma foto do meu livro ahahahah
Antes de mais, fiquei muito babada por ser uma das tuas bloggers de eleição! Obrigada!
Depois: se não gostasses, dizias a verdade que eu aguentava na mesma :p
E mais ainda: muito obrigada pela tua opinião! É super estranho saber aquilo que as pessoas acham, ainda por cima porque foi algo escrito há tanto, tanto tempo! A sério, obrigada! Fiquei muito feliz pelo que escreveste.

Aaaaah, adorei saber que a mulher merecia um estalo ahahahah vou tentar ter esse estalo na 2.ª parte do livro!

A sério, acho mesmo que um obrigada não chega :D




Oh Sofia! As verdades são para ser ditas, neste caso escritas, é tão bom saber que há bloggers por ai com talento e tu és uma delas.


Ler faz bem #29


Participei num passatempo e ganhei uma capa para livros. 
Ponderei várias vezes em comprar uma capa, mas nunca tinha visto uma que me enchesse as medidas, até conhecer a Dub. 
Esta capa é perfeita e eu digo-vos porque. Ela tem vários pormenores. Tem um íman que ajuda a ajustar a capa do livro à capa. Podemos fazer um lacinho. E o material é de boa categoria e é lavável. 
Cada capa tem um nome, e eu ganhei uma Alice. 


A Dub "surge disto tudo e da ideia de uma mãe e de uma filha, Vera e Madalena, separadas por 30 anos, uma formada em Letras outra em Arquitectura, de criarem uma capa em tecido para livros que fosse prática, reutilizável independentemente da espessura do livro e totalmente lavável."
Espreitem pode ser que se apaixonem por uma capa... Há quem compre capas para telemóveis, nós leitoras preferimos vestir os nossos livros.  

Mais um episódio cá de casa #11

Estava eu a preparar-me para tomar banho quando ouço putos atrás do meu prédio a falar. Decidi por bem não ligar a música como costumo fazer. 
Estou eu a meter champô na cabeça quando ouço o seguinte:

Aviso: Estes putos têm a idade do meu irmão, ou seja, 12 ANOS! 

- Então puto, já foste ao cu à preta?
- Fui fui, mas ela cagou-se toda.
- Estavas à espera do que?
- Que saísse esporra.



Não percam o próximo banho... porque eu também não. 



Youtube - A mulher que ama livros

A caminho dos 300 vídeos, a Cláudia é uma morena de mau feitio, pelo menos é assim que ela se auto-titula. Pelo título percebemos que ela AMA livros e acreditem ela tem uma colecção de meter inveja.  



Ela dá dicas, ela responde a Tags e procura pechinchas.... Mas quem não procura. Ela tem 2 blogues. Tem Tumblr. A moça tem um pouco de tudo.  



Partilha pequenas coisas do seu dia-a-dia, até já dá dicas saudáveis. Aproveita todos os minutos para pôr a sua leitura em dia.  Lança desafios  e um deles está a ter bastante sucesso, não estivesse relacionado com a Guerra dos Tronos. 



Adoro a sua sinceridade e o seu empenho. Não tem papas na língua e é assim que se deve ser. Já a conheciam?


A Tim foi à .... Fia



Este ano tive a oportunidade de visitar a FIA e valeu a pena. 
Não sabia ao que ia e no final fiquei de boca aberta. 


Para visitar a Feira Internacional do Artesanato é preciso 2 coisas: Dinheiro e tempo.
Não levei dinheiro, somente o necessário para comer alguma coisa. Já o tempo tinha-o de sobra.
Aquilo é enorme e tem uma variedade de produtos do caraças. No pavilhão central era tanta gente que não consegui ver tudo. 
Bebi chá, comi chouriço, roubei rodelas de ananás para outras pessoas, opah sai de lá de barriga cheia.Comi um wrap de leitão, minha nossa senhora!
Podem ver no site o que por lá se passou.  
Como não levava dinheiro não perdi a cabeça, mas para o ano já sei.


 E vocês? Foram? Perderam a cabeça com alguma coisa?

Ler faz bem #28



"Nascida em 1997, a Bizâncio afirma-se como uma editora generalista, que desde o início da sua actividade tem trabalhado no sentido de cobrir uma vasta área da actividade editorial, dando voz a obras e autores dos mais diversos estilos, origens e filosofias. 

Preocupada em divulgar ideias e apoiar a produção de obras de cultura, a Bizâncio tem também lugar para obras de carácter mais leve, quer pelos temas tratados, quer pela forma de abordagem, atingindo, assim, um público vasto e interessado."



Mais uma parceria e não podia estar mais feliz. Toca a fazer like e a visitar a página da Editora

Lançamentos - Descontos até dia 8 de Julho 



A Vida Secreta dos Materiais  - As Estranhas Histórias dos Prodigiosos Materiais que Dão Forma ao Nosso Mundo

Autor
: Mark Miodownik
Código de Barras: 9 789 725 305 607
Págs.: 288
Preço: Euros 14,91 / 15,80
Colecção: A Máquina do Mundo
Tudo é feito de alguma coisa...
Desde os objectos quotidianos que temos em casa até aos mais extraordinários materiais novos que irão dar
forma ao nosso futuro, A Vida Secreta dos Materiais revela os milagres da arte, do design, da engenharia e da criatividade que nos rodeiam no dia-a-dia.

Eleito pela Royal Society of London o Melhor Livro de Ciência de 2014

«Maravilhoso. Miodownik escreve tão bem que até faz brilhar o betão.»

Financial Times

«Fascinante. Uma visão actualizada das maravilhas do tecido que suporta as nossas vidas.»
Guardian



Verdade e Consequência
Autor: Michael Palin
Código de Barras: 
9 789 725 305 546
Págs.: 304
Preço: Euros 13,21 / 14,00
Colecção: Montanha Mágica
Romance

Keith Mabbut era escritor. Disso estava absolutamente certo.
Embora tivesse construído uma carreira baseada na palavra escrita, chegara aos cinquenta e seis anos sem nada que se assemelhasse ao sucesso dos seus grandes heróis literários. Consolidara a opinião de que o melhor da sua obra ainda estava para vir. E, da forma que ele menos esperava, assim foi...
Quando uma proposta de trabalho inesperada – escrever a biografia de Hamish Melville, um activista herói de causas humanitárias – o leva à Índia, Keith começa a questionar-se sobre o que é a verdade e em quem pode de facto confiar.

«Verdade e Consequência é uma bela história, belissimamente contada... um thriller que nos mantém em permanente suspense, com um tema verdadeiramente relevante»
Spectator

Guerra Total - De Estalinegrado a Berlin
Autor: Michael Jones
Código de Barras: 
9 789 725 305 560
Págs.: 352
Preço: Euros 16,98 / 18,00
Fora de Colecção
  
História

Em Fevereiro de 1943 a maré da guerra mudou quando os alemães se renderam em Estalinegrado. Em Maio de 1945 os soldados soviéticos tinham atravessado a Europa de Leste e atacaram Berlim para pôr fim ao regime de Hitler.
 
Guerra Total é uma história poderosa sobre uma das fases mais cruciais da Segunda Guerra Mundial. Michael Jones recorre a relatos sinceros de testemunhas presenciais, a documentos pessoais tanto de fontes alemãs como russas, e traz-nos a história humana por detrás da libertação da Europa.

«Um livro soberbo e um verdadeiro contributo para a compreensão de uma guerra que se caracterizou por um sofrimento inimaginável.»
BBC History Magazine

Os livros estão à venda no site da editora www.editorial-bizancio.pt com um desconto especial de pré-lançamento.

Ler faz bem #27

Classificação: 6/10

Autor: David Levithan
Data de publicação: Fevereiro de 2015
Número de páginas: 288
ISBN: 978-989-880-010-7
Apresentação: Capa mole
Dimensões: 150 x 230 x 22 mm


"A cada dia" - David Levithan Todos os dias é um novo dia para A. A é o seu nome, pelo menos é assim que se apresenta. Não sabe se é rapaz ou rapariga é apenas A. A sua idade vai evoluindo com ele/ela e a sua aparência está em constante mudança. Já tentou várias vezes ficar no corpo e não conseguiu. Ao longo das suas estadias aprendeu a não dar nas vistas, a não interferir na vida da pessoa e sobretudo a não apegar-se a elas. 

Começa a sua história como Justin, um rapaz de 16 anos. Através da sua estadia conhece Rhiannon, a namorada de Justin. Ela aparenta ser uma rapariga simples e carente. Sente-se atraído por ela e pela primeira vez deseja ficar no corpo. 
No dia a seguir acorda noutro corpo, e tenta procurar Rhiannon e é ai que começa a aventura. 



SPOILER!SPOILER!SPOILER!SPOILER!SPOILER!

Ele/ela conta a Rhiannon o que lhe acontece, ao início é tudo muito bonito, mas no final as coisas complicam-se. Ele/ela interfere na vida das pessoas e as coisas chegam a pontos irreversíveis. Quando A fica no corpo de Nathan, as coisas não correm como planeado, deixando o pobre rapaz ao Deus de Ara. . Nathan quando volta a si, pensa ter sido possuído pelo diabo. 

Já viram o filme "A mulher do viajante do tempo" (ok, também existe o livro), ao longo do livro fui-me irritando tal como no filme. Não esperem um final feliz, não vai acontecer. 

Pontos Positivos: Relato de histórias inspiradoras. A passa por todo o tipo de corpos, de personalidades, de situações inacreditáveis. Ao longo do livro tenta ajudar uma rapariga a não cometer o suicídio. Ao longo das suas estadias guarda esses relatos no seu e-mail (só ele é que sabe).

Pontos Fracos: Acaba de uma maneira... Parece que vem ai continuação. Muita lengalenga em certos capítulos.

Frases inspiradoras


"Quero estar aqui com ela. Quero ser aquele que concretiza a esperança dela, nem que seja apenas pelo tempo que me dão"

"Todos temos mistérios, especialmente quando vistos de dentro para fora"

"Não me deixo cegar pelo passado nem motivar pelo futuro. Concentro-me no presente, porque é onde estou destinado a viver." 

"A bondade liga a quem somos, ao passo que a simpatia liga a como queremos ser vistos."

"Vivi a vida toda desta maneira, e foste tu quem me fez desejar que isto parasse"

"... as pessoas usam o demónio para pseudónimo dos seus medos."

" Vai haver sempre mais perguntas. Cada resposta leva a mais perguntas"

Obrigada à menina que me enviou esta imagem e disse que se tinha lembrado de mim... São gestos como este que me fazem ficar por esta blogosfera. 
Todas nós merecemos miminhos, por isso hoje agradece-vos.
Obrigada por estarem desse lado.

Rituais de Beleza - Dicas à la Tim #2




Vocês são muito queridas e os vossos pedidos são ordens. Sabem perfeitamente que este blogue é diversificado mas nunca na minha cabeça pensei que me viessem pedir os meus rituais de beleza. Ora aqui está uma lista de coisas que coloco na minha pele e alguns dos meus conselhos... Coisas normais nada assim do caraças. Não pensem que este tipo de Dicas se vai virar uma rubrica porque a Tim não é destas coisas... Só se pedirem com muito jeitinho. 

1. Gel creme hidratação intensa 24h da Yves Rocher -  É o creme que uso diariamente. O creme é para peles normais e mistas, no entanto, tenho pele seca e este creme é oleoso mas de boa absorção.  Cheira muito bem e dura.... 

2. Bbcream da Garnier - Só coloco bbcream quando saio à noite, quando vou trabalhar ou quando vou almoçar com amigas caso contrário não meto nada.

3. Protetor solar Cien - Protecção acima de tudo. Foi-me recomendado pelo dermatologista e disse-me que é a melhor marca que ai anda. Super acessível. Na minha família há casos de cancro de pele e este creme vai para onde nós formos, seja Verão ou Inverno.


Pequenas coisas que faço


Tiro sempre a maquilhagem antes de me deitar - Posso estar a morrer de sono após uma noite do caraças, mas tiro a maquilhagem. Em apenas 2/3 minutos a tua cara está limpa, não sejam preguiçosas;

Lavo a cara depois de acordar e antes de ir dormir;
Durante o banho, aproveito e faço uma esfoliação à cara (depois mostro o esfoliante);

E vocês, quais são os vossos rituais de beleza?

Resistir à tentação #4



Diário de bordo

Já estamos no mês 2 e já fiz outra asneira. O que aqui apresento é roupa que nem sequer é para mim, é para os meus sobrinhos. Fui ver a N' e os seus bebés lindos e decidi comprar roupa... E a roupa é mesmo fofa. 


Pronto é só isto... Este post continua... É só esperar que a asneira seque no estendal.