O meu passado - a minha escrita


Confesso que tenho saudades dos tempos em que me sentava à secretária e a minha imaginação pulava cá para fora. Era engraçada a maneira como me exprimia com o blogue. Naquela altura estava agarrada à ideia de gostar de alguém e que esse alguém também gostava de mim. A verdade dói demasiado para ser contada. Desisti de escrever textos bonitos e apaixonantes,
segui outra linha, que nem dei conta ter traçado. Confesso que tenho saudades desses tempos.
Desleixei-me por completo e o blogue sofreu com isso. Por vezes nem sei porque escrevo, mas a ideia de abandonar este canto deixa-me triste. Cresci com ele e conheci pessoas espectaculares. Este blogue é o meu confidente, faz parte de mim.

Quem me dera ter mais criatividade e mais jeito para a escrita. Este blogue é o meu retrato. Um retrato descuidado, que nem sempre sabe o que mostrar. 

5 comentários:

Teresa Isabel Silva disse...

Oh não digas isso, eu passei por isso, e olha no passado Domingo as palavras fluiram... Tens que ter calma,a escrita pode ser um dom natural, mas nem sempre tem que estar disponível!

Bjxxx

Blackbird disse...

Antigamente também escrevia assim, ainda não tinha blogue mas tinha um caderno onde escrevia tudo. Agora não tenho mais paciência para fazer isso e acho até que perdi o jeito :)

*Nightwish* disse...

Ora, o teu blog é uma parte de ti, não o podes abandonar! E sim, o nosso blog reflecte aquilo que somos ou sentimos, mas um dia são coisas boas, noutros dias são coisas menos boas, coisas mais ou menos criativas, desabafos, aselhices... é uma extensão do seu autor e oh...! que interessa o resto!?! Desde que sejas tu, é o que importa =) **

Catarina Gomes disse...

Eu adoro o teu blog :)

Tânia Sequinho disse...

Gostei do post. Sabes porquê? Porque puseste sentimento, sinceridade e coração nele. Acho que esses são os verdadeiros segredos para um bom texto, para uma boa escrita, para um bom blog, trabalho, o que for. E é isso apenas que precisas de fazer porque sentes falta desses tempos, voltar a sentar à secretária e escrever com todo o teu coração, com sinceridade, o que sentes, o que pensas ou o que queres. Escrever é simples, basta ser sincero e deixar de o temer. :)