Obrigada pela ajuda

Vou utilizar uma das ideias e fazer um trabalho final, no entanto, para a reportagem tive uma ideia. Porque não falar da emigração nos anos 70 e nos dias que correm? Devem haver histórias incríveis e fazer esta comparação dará de certeza, um bom trabalho. Vou ter muito gosto em conhecer as várias histórias que existem por detrás da emigração, se é que me entendem... estou a falar de "dar o salto". Se alguma das minhas seguidoras for emigrante e quiser me ajudar, envie-me um e-mail pois terei o maior prazer de as entrevistar(Não quero obrigar ninguém). E essas férias? Estão a correr bem, ou ainda nem sequer saíram da secretária? 

HELP!

Vocês que compram revistas e jornais e que são umas óptimas leitoras do blogue... ajudem-me. Tenho uma reportagem escrita para fazer, mas não tenho tema, será que me podem ajudar? Preciso de criatividade, mas para isso preciso muito da vossa ajuda.
O fim de semana passou-se assim... muita música e muita diversão. Os anos da Pipa foram demais, para não dizer que tivemos oportunidade de ouvir a Nádia a cantar, fizemos macacadas entre outras coisas. e E o vosso, como foi?




O braço não é meu

Iupi

As férias aproximam-se, o  fim do tratamento também. A faculdade está cada vez mais difícil de se suportar MAS, amanhã é hora de festa! Aproveitem a greve e façam gazeta amanhã. 

Mais um domingo

Devo passar o domingo a estudar e devo ir às compras para a casa. A semana vai começar, mas teremos descanso na quinta,  pelos vistos há novamente greve. E vocês? Já têm planos para a semana, ou vão fazer como eu, vão passar a semana toda a estudar, ir à faculdade, dormir e por a conversa em dia nas aulas?


P.S: não reparem no caderno e na folha de rascunho, por vezes escrevo ou desenho pequenos incentivos às minhas colegas. Sim, passo grande parte das aulas a brincar, mas alguém tem de o fazer...

Momento lamechas! Não leias.



Ontem em conversa com uma boa amiga apercebi-me que muitas das minhas amizades foram por interesse, mas não da minha parte. Há mais de três anos que não falo com as minhas melhores amigas, se assim as posso chamar ... mas tive de por um ponto final, pois deixei de olhar para o meu bem e fazia tudo por elas. Conhecemos-nos na primária, mas não começamos a ser amigas ai, foi preciso chegar ao 10º ano.
Sempre pensei que as minhas melhores amigas gostassem de mim como eu era... Todos os fins de semana combinávamos coisas para fazermos juntas, mas quem as fazia era mesmo eu. Quando foi diagnisticada "a doença" pela primeira vez, decidi não contar porque não quis preocupar ninguém, mas mesmo assim elas descobriram e nada fizeram. Quando o grupo aumentou (entre namorados e amigos delas), desisti de sair à noite, pois entre conversas de merda e de rebaixarem uma pessoa, não havia mais nada para falar. A verdade veio ao de cima, gozavam comigo, utilizaram-me vezes sem conta e eu a pensar que eram minhas amigas. Sim, sou muito estúpida, ingénua e parva. 
Chorei muito e deixei de confiar totalmente nas pessoas, talvez seja por isso que não confio plenamente em rapazes, mas isso já mete outra história. Ainda tive outras amizades assim, mas depressa afastei-me. Tive outras amizades que ainda guardo, o grupo é pequeno, mas foi o que se pode arranjar. 
Decidi recomeçar, entrei para a faculdade, fiz novos amigos, mas cai na mesma asneira, mas desta vez não estava sozinha, e tenho muito a agradecer-lhes.
No entanto quero deixar aqui um recado, nós nunca estamos sozinhos, um dia encontramos um amigo que ficará sempre nosso amigo, pode demorar, mas existem muitos por ai e depois vai valer a espera. E sim, podes pedir ;)

Keeping up with the Kardashians

Esta série é de morrer a rir, não consigo parar de ver.E tu, já viste?

Andam ratos no metro



Podia ter sido uma manhã normal, mas não. Um jovem entrou na carruagem com um animal no ombro, mas a meu ver não parecia nada de mal, até que me apercebi de um rabo de uma ratazana. O RAPAZ TRAZIA UMA RATAZANA AO OMBRO! Nada de pânico da minha parte, mas quando o rapaz se sentou a reacção das pessoas foi levantaram-se e ficarem junto à porta. O rapaz lá saiu com a ratazana ao ombro, mas naquela carruagem não se falava noutra coisa. Um ponto a salientar é o aspecto do rapaz, sei que nada tem a ver, mas ele estava apresentável. Pois bem, uma coisa é certa, não é todos os dias que vemos coisas assim. 

Um domingo com

a família. Almoçar fora é do que a gente gosta, mas agora é hora de atacar a notícia de economia. Gosto de desafios, mas gosto mais de passear. Uma caneca de café com leite e música a acompanhar, um resto de tarde normal, logo à noite é noite de cinema, como nós cá sabemos.




E o vosso domingo, como está a ser ou como foi? 

Me Gusta 3#



Este filme vai-me fazer ir ao cinema, ai Florbela... o amor é assim, leva-nos à loucura

Olha mais um

Foi a Cat que me lançou este desafio e eu sei nada para fazer, aceitei.


O desafio consiste em:


1. Escrever 11 factos aleatórios sobre nós próprios
2. Responder às perguntas que foram propostas e criar 11 novas perguntas para as próximas pessoas.
3. Escolher as próximas pessoas e colocar o link
4. Ir à página delas dizer que lhes foi proposto o desafio
5. Nada de taggs de volta
6. Postar o conjunto de informações relativamente ao que o desafio consiste.


E os 11 factos aleatórios são:


1. Sou fanática pelo "How i met your mother";
2. Coro buéeeeee;
3. Adoro dormir, mas quem é que não gosta?;
4. Odeio feijão e grão só cheiro dá-me nojo;
5. Gosto de ouvir rádio;
6. Não nasci em Lisboa;
7. Sou delegada de turma;
8. Consegui deixar de roer as unhas, um vício que tinha desde os 9 anos;
9. Quero ir a Paris;
10. Já tive dentes de mentirosa, mas eles fizeram o favor de se juntar sozinhos;
11. O meu apelido não está relacionado comigo;




As perguntas:


1. Que estás a ouvir agora? - Por acaso estou a ouvir a caderneta de cromos de sexta;
2. O que queres ser quando fores grande? - Jornalista, mas se não der, quero ser feliz;
3. Longe dos olhos, longe do coração? Longe do mundo, mas perto de ti ...
4. Que animal gostarias de ser? Um gato
5. Se pudesses escolher um lugar do mundo para viver qual seria? - Paris, claro 
6. Quais são as cores predominantes no teu quarto? - Vermelho, branco e azul 
7. Porquê iniciaste o teu blog? - Foi-me lançado um desafio e eu aceitei
8. Citação preferida? "Se promettre des choses à soi-même est le plus dur des défis. Le plus beau est de les relever" Grégory Lemarchal
9. Terra, Ar, Fogo ou Água? Ar
10. Sou uma chata, não é? Não és nada x)
11. Gostas de Belgas? Se não gostares podes mandá-las cá para casa :) - Gosto, mas só as de chocolate 




As perguntas...
1.Um sonho?
2.Preferes chuva ou sol?
3.Se pudesses ser um sentimento qual serias?
4.Um momento marcante na tua vida?
5. Qual o teu livro favorito?
6. Já cometeste um crime? Qual?
7. Odeias quando?
8. Se eu digo ai... tu dizes?
9. O que um rapaz precisa para te conquistar?
10. Já estou farta das perguntas e tu?
11.O que dizes para agradecer?




Aceitas o desafio?
http://aamorapreta.blogspot.com/
http://ervilhacoscuvilha.blogspot.com
http://goodgirlsgobadgirls.blogspot.com/
Queres? Leva...



Lá está ela com ideias parvas 2#

 Se voltarmos atrás no tempo, vamos descobrir que existia uma pessoa que era o suficientemente estúpida para julgar os outros e tentar sempre ser melhor que eles, assim se designa a ovelha negra da turma. 
Neste último ano de faculdade, fui contemplada com duas pessoas, mas se relembrarmos-nos de todos as personagens da turma vamos ter uma escala mais ou menos assim:
- A delegada de turma - Aquela gaja que sabe tudo sobre a escola, ou seja, basta lhe perguntar qualquer coisa que ela tem a reposta na ponta da língua. É aquela besta que diz ao professor que havia trabalhos nos últimos 5 minutos de aula.
- As Popstar - Estão sempre rendidas às últimas tendências da moda e julgam sempre os outros, mesmo sabendo que são gozadas por todos; Estão sempre a cantar (mal e porcamente), atiram-se a tudo o que seja gajo e colocam papel higiénico para fazer mais volume. São fáceis de encontrar, pois o seu habitat natural é a casa de banho;
- Os gajos da bola - Só dás conta que eles estão na sala devido ao cheiro a suor, o seu habitat natural é o campo;
- O presidente da associação de estudantes - Votas nele e não sabes quem é. Quando se encontra a socializar, está sempre atento às tuas queixas, mas no entanto, não as resolve;
- O nerd/cromo da biblioteca - Como o próprio nome indica, ele está na biblioteca, e quando não o está, está na sala de aula;
- A colega "gordinha" - Aquela amiga que sabes que podes sempre contar com ela, até mesmo para os apontamentos. Está sempre feliz e cora sempre que falamos com ela;
- O gajo todo bom - Todas nós tivemos uma pancada por ele;
- A graixista - Nem me meto a falar dela...
- A ovelha negra - Anda sempre sozinha, fala demasiado na aulas para dar nas vistas. Acha-se sempre superior e está sempre a comparar notas, até mesmo aspectos físicos e psicológicos;


Entre outros não menos importantes

Adormeci no metro... adormeci na aula.... adormeci no autocarro... adormeci no sofá e ainda adormeci no carro... se isto não é cansaço extremo é o que?

E as regras são:
1- Dizer quem o criou: Suponho que tenha sido a Jú
2- Dizer quem o ofereceu: http://goodgirlsgobadgirls.blogspot.com/, Obrigada :)
3- Responder às perguntas :
-Diz uma coisa óbvia sobre ti: Sou loira de olhos azuis
-Qual é o teu maior medo? Não conseguir vencer a batalha
-Qual é a tua cor favorita? Branco, roxo e preto
-O que mais gostas de fazer? Viagens de longa duração com aquelas músicas, pois sei que lá vou ser feliz...
-Que estação do ano preferes? Inverno
-Tens vícios? Quais? Já tive, roer as unhas... se tenho mais algum não sei... HIMYM
-Qual foi a coisa mais maluca que fizeste ou disseste? Ahahah não posso dizer
-Qual a coisa que mais odeias? Falsidade, ganância mas sobretudo desorganização
-Se pudesses mudar alguma coisa em ti, o que seria? Ser demasiado "boazinha"
-Qual a tua viajem de sonho? Porquê? Paris, palavras para quê?

4- Oferecer a 8 blogues. 
Não gosto nada de fazer isto, por isso, levem-no, nem é preciso pedir

Planos para hoje?

Organizar cadernos, ler textos, imprimir powerpoint's... bem vou-me por a trabalhar. Bom domingo!

Lá está ela com ideias parvas 1#



Grande parte deste país anda em transportes públicos,como tu, sim tu que estás a ler, também deves andar de transportes, já agora, costumas andar em quais? 
De certeza que já se depararam com vários tipos de pessoas, como assim perguntam vocês... pois bem, vou dar o exemplo do metropolitano de lisboa. Devemos de tratar as coisas pelo nome, e não pelas suas classificações, ou seja, não se chama metro, mas sim metropolitano. Fica mais chique e dá a sensação de riqueza, ou então não e isto é tudo mentira. 
Andar de transportes dá a sensação de rotina, mas não é uma rotina qualquer. Todos os dias há algo de surpreendente no metropolitano de lisboa. 
Nas horas de ponta, podemos observar vários tipos de pessoas:
- A senhora do tricot - Pode ser jovem ou idosa, está sempre acompanhada de um saco de plástico cheio de lãs, como também as suas agulhas. É inofensiva. Não incomoda ninguém,  e faz a sua viagem aproveitando o tempo para tricotar um gorro, assim sendo, nunca se aborrece.
- O rapaz com o telemóvel aos gritos - Com sorte, só há um em cada carruagem, mas quando se chocam um com outro o mais provável é desligarem a música. Aparenta ter posses, pois caso contrário não teria um telemóvel de última geração, no entanto, não possui dinheiro para uns ascultadores.
- As pessoas literárias - São aquelas que lêm livros, mas grande parte das vezes, só conseguem ler uma página, passando grande parte da viagem, a levantar a cabeça para ver se já chegaram;
- Gajos que se armam com os ipad's - Depois queixem-se que vos assaltaram;
- Pessoas que ruminam - Existem em todos os lados, são pessoas que não fecham a boca nem sequer quando é para se calarem;
- Pitas aos gritos - São raparigas com menos de 15 anos que se põem aos gritos só porque lhes apetece;
Mas ainda há mais...


Agora o metro até está mais apetecível, pois retiraram uma carruagem o que nos permite "roçarmo-nos" uns nos outros, algo fascinante para se fazer logo às 8 da matina. Agora a sério, retiraram uma carruagem na linha verde porque? Se já erámos muitos, então agora somos mais. Eu sei que está frio, mas não é preciso calor humano, ou melhor, sovacos bem cheirosos ou hálitos alucinantes.