Dúvida?!

É só Tim, não é TimTim não são TinsTins, simplesmente é Tim.
Nice?



p.s: Qualquer dia há uma nova entrevista, preparadas?

Agora fora do contexto

o puto sabe estalar os dedos dos pés.

Será que vou dormir?


Não tenho dormido, e quando durmo os pesadelos chegam e lá se vai mais uma noite. Estou receosa, em pânico para a próxima consulta. O pior é que coincide com o 1º dia de faculdade. Quero que o dia venha e que passe depressa. Será possível haver boas notícias?  Só uma, não peço mais nada.

Oh rapaz! Sai da frente.

Nós mulheres, somos um ser inteligente certo? Quando é que deixamos de cair nas "tangas" dos homens? 
Todos os dias, há sempre uma desgraçada que acorda na esperança de receber uma sms do príncipe encantado, após um belo jantar e uma bela ida ao cinema. Se ele não liga é porque não está assim tão interessado, mas sendo a mulher uma sonhadora incontrolável, vai acreditar até à ultima gota d'àgua.  Numa conversa a amiga diz: "Ai, ele olha para mim como se fosse um botão de rosa", meus amores estamos no século XXI , por muito que queiramos ter esperança no amor, é preciso cair na realidade. Pode ser ele mais velho e ser mais maduro, mas esses factos não mudam nada, homem que é homem vai ser sempre homem, isto é, eles são transparentes nas relações, nós, mulheres temos a mania de criar um mundo imaginário. 
Devemos de ser racionais, pois é assim que a vida nos manda ser, se não queremos sair magoadas, porque razão iríamos inventar desculpas? É tão simples, ou gosta ou não gosta. 
Chega! A vida não foi feita para complicar. 

O tal casamento

Foi a paródia total, desde a ida à igreja ao bolo da noiva... 
De manhã arranjei-me e tive que logo que correr pois já estávamos atrasados. Chegamos a casa da noiva, tive logo companhia da minha prima Jo, o que me alegrou logo. Os carros organizaram-se e seguimos caminho mas neste momento ninguém sabia o que iria acontecer. A noiva ia num lindo BMW branco acompanhada pelo seu pai (também o seu motorista). Todos seguimos atrás do carro da noiva até entrarmos na A1 e o BMW desaparecer de vista, metade dos convidados são de Vila-Flor e pela 1ª vez estavam em Lisboa, e não conheciam o caminho para Mafra. 
A nossa sorte foi o meu pai conhecer o caminho e ir pelo "pé" dele, mas o resto dos convidados perdeu-se.Alguns deles seguiram-nos mas os que estavam à frente não tiveram essa sorte. Ao chegarmos à saída da A1 e ao entrar em Mafra reparamos que esteva um BMW na área de serviço, paramos e começamos a ligar para o resto dos convidados a indicar o caminho.
Com esta brincadeira o noivo esperou 2 horas, mas valeu a pena. O melhor estaria para vir...
Começou a cerimónia e o padre lá começava o sermão, em vez de pronunciar as palavras "ditas" de Deus, começo por falar da vida intima que os noivos iriam começar, mas é melhor ficar por aqui. 
Fomos tirar fotografias e depois seguimos para almoçar, a ementa era boa e o buffet também, já o bolo de noiva era de amêndoa (não estava partida, mas sim aos bocados) e "regado" de álcool. A entrada dos noivos e a sua primeira dança foi a coisa que mais nos emocionou, pois eu e a Jo temos uma queda pelos Bon Jovi
Esperamos que a música fosse melhor, mas o músico trazia as suas avarias, não só o amplificador se avariou como trouxe as músicas erradas.
Ah! Quase me esquecia, apareceu lá uma palhaça para entreter as crianças, mas só descobriu passado 3 horas que se tinha enganado no casamento, ai que barraca.
Foi um casamento interessante, um pouco fora do vulgar, mas grandioso.
Valeu a pena.

Férias

Numa conversa por sms's que tive com um amigo da faculdade, este contava-me as suas férias e como estavam a correr, claro que tocou logo no ponto da meteorologia, mas sinceramente? O que importa realmente é ter umas boas e memoráveis férias, o tempo é algo irrelevante. 
Se tivermos uma boa companhia, o que importa o tempo? Se tivermos bem com a vida, porquê culpar o tempo de não nos dar sol? 
Aproveitem masé a vida, e deixem-se de queixar.



 Filme: Mes copines