Um passeio de metro deveras esquesito.

Duas pessoas a conversar factos, mas lá sabia que os olhares parvos os fariam rir, imitar a  voz irritante da senhora a dizer : Próxima estação Arroios, talvez a timidez de ambos não tenha dado para mais. O facto de ele se importar com ela, não a leva a crer que passe dali.
 Mas o cavalheirismo vence no momento em que ele diz: Eu levo-te à paragem, ela rejeita o pedido e leva-o ao próximo metro. Não há beijos, não há despedidas só há uma promessa. O estalo de amanhã.
Estou a ficar mal habituada com as sms's, mas podes continuar, as conversas até são engraçadas. Não ainda, não mandamos beijinhos nas sms's o que é super parvo. As conversas não saem do mesmo, mas vale a pena escrever para ti*
Não nos interessa o que podem comentar.
Eu sei que não vai dar em nada, mas neste momento não interessa.
(Se é para comentar de forma parva não o faças sff)

Aparar a relvona

Não! Sim, é verdade leste bem.
No Goucha e na Tininha desta semana, foi uma senhora especialista do órgão sexual feminino, por sua vez era brasileira e tratou a vagina por pomposa (sim sim, é isso mesmo).
Então cá vai as dicas maravilhas que ela deu:
- No banho devemos esfregar bem e meter champô e amaciador;
- Depois devemos aparar/cortar as pontas;
- Devemos por um creme para melhor hidratar;
- Por fim há quem pinte.


Olhem é assim, os programas da manhã não podiam estar piores. Eu nem queria saber, mas tive que ver e ouvir esta explicação. Tive que partilhar a estupidez em que chegamos. A sério?! Estou em estado de choque. 

Os homens são uns excelentes cozinheiros

é por isso que metem água na carne picada, é para ficar mais àguada. Valente proposta ontem hein! Carne picada à bolonhesa. 

NOVA MENSAGEM!

Todas nós queremos uma nova mensagem de um rapaz que nos satisfaça as nossas necessidades, mas analisando bem este facto temos de ter em atenção uma coisa, ao início tudo é muito bonito, mas os rapazes têm um problema ou falam e magoam, ou não falam.
Não há um dia em que uma rapariga não espere por uma sms, e quando a recebe deseja que este não a tivesse enviado. 
Quando nos magoam, deixamos de responder as ditas mensagem e ficamos com remorsos, mas quando falamos com eles, eles fazem algo para tudo acabar mal. Não digo que nós, raparigas não tenhamos também culpa, mas tudo tem a sua razão.
Como também, quando perguntamos a nós próprias, porque é que não temos ninguém? 
Temos duas hipóteses:
- Ou não merecemos (sim há pessoas que não foram feitas para amar);
- Ou não nos merecem (aqui já envolve um alter ego,ou não, que possivelmente está certo, se calhar somos boas 
demais para eles);

Tudo é uma questão de tempo ou de babolhequice.

Porque eu tenho esperança que receba uma sms do dito cujo. Não custa nada. Vá lá, manda sms. Opah! Eu sei que queres mandar. Se mandares eu prometo ser simpática contigo. Manda já. (de repente vibra, ah e tal não é ele). Quando é que tás a pensar a mandar sms? Ai a merda! Pronto eu não resisto vou mandar-lhe uma sms. Fiquei sem bateria.


Sim, hoje aconteceu-me isto. ISTO SIM É A REALIDADE DE UMA GAJA ANORMAL QUE PASSA HORAS À ESPERA DE UMA SMS QUE SABE QUE NUNCA IRÁ RECEBER.

1º semana de faculdade



Nada melhor do que começar a semana sendo do 2ºano da faculdade trajada a praxar os pobres dos caloiros. Mas não acaba aqui. Com um verão a mandar sms à dita personagem, levou-me a pensar o pior. E claro a minha vida é a sério, e o amor não está incluído.




Segunda
Gritos e mais gritos. Collants rasgados, um beijo na cara sem qualquer significado. Nada melhor como começar este semestre.


Terça
Tosse, febre, cabeça. FIQUEI DOENTE, COMO? Ok! Calma, muita calma.


Quarta
Vejo uma gaja no poster dos morangos, a seguir digo que é um gay e por fim vejo que é uma colega da faculdade. Muito bem! Pés feitos num oito, continuo sem voz e o pior a pessoa não me fala. Mas sou reconhecida pelos professores, nada mau. AH! Troca de capas, estou para saber porque, mas pronto.


Quinta
Doente, cansada, sem novidades.


Sexta
Pior! Estou tão mal que nem me levanto. Tenho conversas interessantes. O rapaz das sms's de Verão deixa-me confusa.




Nada mau! Vejamos se melhora.
Confusa 

Finalmente descobri




Ela: Quando vais à praia com um grupo de amigos, quem é que espalha o protector na costas? (Neste caso não há raparigas)
Ele: Apanho um escaldão.


Estúpido, tudo para não ser chamado de maricas. Põe em causa a saúde. Boa, os meus parabéns!

Regras de ouro para escolher um lugar na praia (II)

 - Bebés (pois eles podem lançar bombas ou até mesmo deitar cá para fora );


- Pessoas que comem de boca aberta (vá que não vá, vá lá comer para outro lado);


- Velhas que escarram para a areia (PORRA! É nojento);


- Vendedores ambulantes (não se percebe nada do que eles dizem);


- Jogos (o meu rabo não é nenhum alvo, sff tenham lá cuidado);


- Pessoas adormecidas (cama não?).


A 1ª parte está Aqui

Estar na praia é como fritar panados.

Primeiro passas os condimentos necessários na bifana para dar sabor (protector solar na pele)
Segundo passas pelo ovo (água) 
Terceiro pelo pão ralado (areia) 


e por fim vai a fritar (esturrar na toalha).




Sim, eu odeio praia, pois não há coisa mais nojenta do que a areia, pois encontras um pouco de tudo. 

regras de ouro para escolher um lugar na praia:

  •  Não pode haver casais à marmelada (se o rapaz colocar a mão em zonas sexuais, faça o favor de fugir, pois ele irá limpar zonas eróticas da sua amada)
  • Não pode haver beatas no chão (o acto de fumar já é repugnante então fumar na praia e deixar lá as beatas ainda consegue ser pior);
  • Idosos com pêlos nas costas mas já a ver o rego ( simplesmente é nojento)
  • Idosas de biquíni (elas a qualquer momento podem tirar a parte de cima)
  • Cães (mas porque raio?)
  • Surfistas ( eles não têm conversas interessantes, só irás ouvir: Sim meu, as ondas estão altamente). 
  • Gajas de cor dita preta (Qual é a delas de ficar o dia todo a esturrar?)


Se não houver estes ditos imprevistos na praia, podes estender a tua toalha e fazer o que te der na gana.